O rio

O rio

sábado, maio 14, 2016

As coisas mais belas do mundo

As coisas mais belas da vida
são singelas
são mágicas e plenas de altura
revivem-se
cerrando os olhos
e assolam no sorriso
da saudade.

As coisas mais belas da vida
são toques de alma pura
num céu pintado
de azul ou cinza
nas flores
de um campo afoito e selvagem
onde insetos esvoaçam
plenos na sua liberdade

As coisas mais belas da vida
são filhos e netos
amores indiscretos
de vão de janela,
feitos de olhares vagos e rápidos
piscar de olhos
mudanças de cenas.

As coisas mais belas da vida escorrem pelos olhos
em instantes de ilusão
são magias verdes da Terra
que aparecem sem gritos
e se fazem notar
apenas pelo olhar de quem coloca os pés no chão e pasma.

As coisas mais belas da vida estão dentro de nós
dentro do peito
no ar que exalas
no esgar do sorriso travesso
e na gargalhada límpida
no murmurejar da água que corre no chão frio e brilhante.

As coisas mais belas da vida
são os porquês repetidos
pela primeira vez
a ânsia de saber mais
e já saber
mas ter esquecido
mesmo ao nascer.

As coisas mais belas do mundo
são morrer a renascer
e voltar a ser
pintando a vida, de cor garrida
ou de laivos leves de um pastel doce.

As coisas mais belas do mundo
são eu e tu
ao luar
na praia fresca
de pés molhados
e de mão dada
a olhar a mágica prata das ondas,
num vaivém sensual
a lembrar que o Agora vale tudo
e que amanhã ainda é distante
e que te quero assim
amante
ternura
queixume
firme e forte
fraco e belo
num halo azul
cheio de anjos connosco
numa eternidade mágica de um Eu que somos nós.

CR 14/05/2016



The Best Of YIRUMA | Yiruma's Greatest Hits ~ Best Piano

sábado, abril 30, 2016

Amira Willighagen - Ave Maria - Full Version

Amira Willighagen & André Rieu : 10 000 people : Standing ovation

Amira Willighagen - Ópera - Holanda's Got Talent - Legendado em Portuguê...





Acredito em anjos. E esta é seguramente um. Com nove anos aprendeu a cantar Ó mio Babbino Caro, de Puccini sozinha... oiço, oiço e oiço e choro de deslumbramento e gratidão.



Podem vir mais e mais que o mundo precisa muito deles e é muito bom.

domingo, fevereiro 28, 2016

ENYA / EL SUEÑO DE LAS HADAS

ENYA / EL SUEÑO DE LAS HADAS

Legolas (Enya - Only Time)

The Lord of the Rings • May It Be • Enya

Enya - Fairytale

Enya- One By One

Enya - Wild Child

Enya - Wild Child

Enya - So I Could Find My Way (Official Video)

Enya - Only Time (Official Music Video)

Enya - Caribbean Blue

Enya - Caribbean Blue

Enya - The Celts (video)

André Rieu

segunda-feira, fevereiro 08, 2016

Levantarmo-nos do chão é algo mágico

Os dias passam a correr,
depressa demais para saborear o que quer que seja.
Erradamente, corremos para algo que almejamos
quando o momento presente deveria fazer todo o sentido
O Único sentido.

E caímos.
uns dias por dores,
outros por temores,
outros ainda porque o dia está cinzento,
ou molhado demais.

Levantarmo-nos felizes,
por ainda estarmos neste planeta
nesta nave mágica
que nos leva pelo espaço,
de forma tranquila..

Eu sou feliz na Terra.
Acabei de me levantar do chão.
Comigo quero levantar todas as minhas amadas amigas, os meus seres de Luz e de amor
as pessoas que me amam, amaram, ou me querem bem,
até as que, por qualquer razão não fiz feliz

Ergo a taça do amor sem barreiras e sem peso.
Viva a minha e a vossa vida!
Viva o Amor e a Luz!

R. City - Locked Away ft. Adam Levine

domingo, janeiro 10, 2016

Yael Naim- I try hard (2010)

Yael Naim new soul

Yael Naim - Come Home

Yael Naim - Go To The River

Blue October - Calling You

Blue October - Into The Ocean

Éter

Estendo a mão em direção ao leito profundo
da vida que corre em mim.
Escorreu-me pelos dedos
nos anos que findaram
endiabrada e fugidia
cheia de pressa de chegar a lado nenhum


Pouco recordo
Pouco vivi
As lembranças fugazes
de momentos perenes
teimam em dizer que devo parar

De promessas vãs
cheia de remorsos
repito que amanhã será diferente
No desejo insano
de alterar o fim
de um filme que me esculpe a pele
e que é visceral










sábado, janeiro 09, 2016

Feliz 2016

Desejo que este ano nos traga a Paz, a Harmonia e a Saúde necessárias para progredirmos. Desejo que o Amor e a Abundância, a Prosperidade, a Assertividade, a Humildade, a Verdade, a Felicidade sejam constantes na vida de cada um.

terça-feira, dezembro 22, 2015

Lily & the Snowman

Feliz Natal


Que o mundo possa parar,
 restabelecer a Harmonia entre seres
de todas as nações
sem barreiras nem contradições.

Possa o Ser Humano
no poder das suas faculdades 
tornar este mundo melhor, com a bênção divina
de Deus e dos Anjos e Arcanjos.

Que as guerras terminem
o dinheiro deixe de ser importante
a Saúde se concretize em todos
e a Alegria se mantenha em cada lar.



terça-feira, outubro 06, 2015

As desmedidas dores nas despedidas

Fujo das despedidas como se me picassem mil vespas. 
Nunca gostei de me  despedir. 
Adio num até logo, porque sei que haverá sempre reencontro, porque as almas estão presente umas nas outras e quando me lembro de alguém sei, que lá longe, também se lembra de mim.

Não sou perfeita. Pelo contrário, a imensa imperfeição em mim leva-me ao corrupio, a uma constante necessidade de reorganizar e como começo de fora para dentro, deixo as introspecções para o fim a cada vez que arregaço as mangas.

E quando o físico se cansa, arrasto-me de tal forma que não sobra energia para introspeccionar seja o que for... e adio... 

Faço o mesmo com as despedidas. Não gosto da dor, detesto a tristeza e a despedida traz um amargo de boca tão grande que me agarro com unhas e dentes a recuerdos, a conversas em surdina com quem já partiu ou anda longe. Não são justificações, mas pronto, sou o que sou e valho o que valho... 

A pior das despedidas está no vídeo que passei antes. Talvez por isso escolha a solidão. Ter que me despedir de todos os que amo, num qualquer dia em que a viagem de um de nós termina por estes lados é a mais sacana das situações. Dá vontade de revirar o mundo, parar relógios e refilar com alguém que nem sequer tem cupas no cartório. 

Viemos porque quisemos, criámos isto para melhorar e muitas vezes ao invés de levarmos a vida com complacência e bondade, perdemo-nos nas datas de trabalhos a cumprir, de compromissos com deveres bacocos, inventados por burocratas, tontos teóricos que do prazer de viver retiraram o prazer...e corremos e adiamos e rasgamo-nos por dentro por não termos feito nem metade do que queríamos nem um décimo do desejável...

Não me despeço... Beijocas e até logo, com imenso carinho para quem está cá e para quem voou.


Photograph- Ed Sheeran - Tradução

segunda-feira, agosto 24, 2015

Definição de solidão por Chico Buarque

Chico Buarque define solidão...
Solidão não é a falta de gente para conversar, namorar, 
passear ou fazer sexo... Isto é carência!

Solidão não é o sentimento que experimentamos pela
 ausência de entes queridos que não podem mais voltar... 
Isto é saudade!

Solidão não é o retiro voluntário que a gente se impõe, às 
vezes para realinhar os pensamentos... Isto é equilíbrio!

Solidão não é o claustro involuntário que o destino nos 
impõe compulsoriamente... Isto é um princípio da natureza!

Solidão não é o vazio de gente ao nosso lado... Isto e 
circunstância!

Solidão é muito mais do que isto...

SOLIDÃO é quando nos perdemos 
de nós mesmos e procuramos em vão pela nossa alma.


Francisco Buarque de Holanda (Poeta, compositor e cantor)

bichinho do mato ou eremita?

A vida trouxe-me amigos e amigas (mais amigas do que amigos) de uma forma generosa. Fui estação. Por momentos param e ficam e depois seguimos viagens diversas. No entanto, cada pessoa que se cruzou comigo trouxe-me mais amor, candura, sabedoria. E prezo cada um, mesmo à distância. Estão nas minhas preces e pensamentos, no dia-a-dia ou pontualmente, mas estão.

Gosto das pessoas que estão ou estiveram comigo em dados momentos, mas gosto de estar só. Há dias li algo que vou publicar de seguida sobre a solidão. Não me sinto só. Nem abandonada. Gosto do silêncio e recarrego-me nele. Olho o céu, as plantas, os bichos e até os objetos e fico no sossego, sem pressa de nada. Pedindo e agradecendo a Deus aos arcanjos e aos anjos a saúde, a força, para mim e para todas as amigas e amigos que me seguraram e amaram a cada instante desde que a minha mãe me pôs neste mundo.

Recordo cada um de vós, dos que ainda cá estão e dos que já estão junto das estrelas e dos anjos com todo o carinho e gratidão.

Às vezes penso que estou meio egoísta por querer permanecer no silêncio, mas depois penso que é nele que o meu equílibrio e a força para me manter neste mundo louco se alimenta e assim posso, mesmo de longe estar convosco.

Chego a pensar que sou meio bicho do mato, mas depois de analisar bem a situação, sinto-me mais eremita.

Não acredito na máxima do "quem desaparece ou não aparece, esquece"... não esqueço as minhas amigas fadas e manas queridas, e sabeis bem de quem falo.
Sei também que vem cá quem não tem a coragem de aparecer e falar noutros lugares. Tenho saudades, sim... mas não posso fazer mais nada do que desejar que o amor e a saúde vos preencham e que Deus vos proteja sempre.

Acho que como eremita já estou a trabalhar bem a aceitação e o desapego. Sou parte de vós e vós parte de mim e sou feliz assim... mesmo que longe. Por isso deixo-vos o meu amor, aquele amor que não pede nada em troca porque que vos estarei sempre grata. Mesmo quando aceno da estação sabendo que partis para outro lugar vivendo o dia a dia da forma que escolheis. Eu faço igual e é nesse respeito pela diversidade e por aceitar o que cada um prefere fazer que eu acredito que devem assentar a amizade e o amor.

Um beijo

terça-feira, agosto 18, 2015

Os mínimos

Gosto deles. Não porque apreciem a maldade mas porque no meio de tanta maldade me parecem inocentes. Parece que apenas lhes ensinaram a ser maus... e quantos de nós não começamos por sermos cruéis com os outros até entendermos que não vem daí nenhum ganho. Bem pelo contrário...
Adoro a língua deles e o riso...